Bolsas de Estudos na Alemanha – DAAD

 O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) lançou três editais para seleção de bolsas de estudos em três de seus programas: Curso de Inverno de Língua e Cultura Alemãs (Hochschulwinterkurs), Políticas Públicas e Boa Governança (PPGG, na sigla em inglês) e Pós-graduação em Temas com Relevância para Países em Desenvolvimento (Aufbau).

Há, ainda, vagas no programa Ciência sem Fronteiras destinadas a brasileiros interessados em realizar doutorado e pós-doutorado na Alemanha.

As inscrições para o Curso de Inverno vão até o dia 11 de junho. Os candidatos devem ser brasileiros, estar matriculados em um curso de graduação – com sexto período concluído até o fim de 2012 – ou de mestrado, ter média igual ou superior a 8 e nível intermediário de conhecimento do idioma alemão.

Os cursos serão oferecidos em Düsseldorf, Essen, Freiburg e Leipzig. O valor total da bolsa é 2.625 euros, com o qual o estudante financiará despesas do curso, do alojamento, da passagem aérea e de alimentação.

As inscrições para o programa PPGG vão até 31 de julho. O programa oferece bolsas para cursos de pós-graduação na Alemanha, com titulação master, que visam capacitar seus alunos a formular e gerir políticas públicas e de boa governança.

Oito instituições alemãs participam do programa, destinado a jovens profissionais graduados em ciências sociais e políticas, economia, direito, administração pública e áreas afins.

O programa Aufbau oferece 37 cursos de master e três de doutorado em diferentes áreas, como administração, engenharia, matemática, planejamento regional, medicina veterinária e estudos midiáticos.

Os candidatos deverão enviar a documentação para o escritório do DAAD no Rio de Janeiro até o dia 31 de julho. Há ainda outras duas possibilidades: encaminhar os documentos para o DAAD em Bonn até 31 de agosto ou diretamente para as universidades, obedecendo aos seus respectivos prazos.

Com inscrições abertas até 28 de maio, o programa Ciência sem Fronteiras é conduzido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Para a Alemanha, as áreas com maior oferta de vagas são as ligadas a engenharias, ciências exatas e tecnológicas.

O DAAD é a maior organização de intercâmbio acadêmico e científico do mundo, com orçamento superior a 370 milhões de euros e mais de 57 mil fomentados (alemães e estrangeiros) anualmente.

Em 2012, o DAAD tornou-se parceiro do governo brasileiro no programa Ciência sem Fronteiras, por meio do qual a Alemanha espera receber 10 mil estudantes brasileiros até 2015 para graduação-sanduíche, doutorado e pós-doutorado.

Mais informações: www.daad.org.br

Via Agência FAPESP

Print Friendly, PDF & Email
Top