Revista Malala recebe artigos sobre violência no Oriente Médio e Mundo Muçulmano

O grande Oriente Médio majoritariamente muçulmano, desde há muito a região mais complexa do mundo, está hoje mais do que antes, rasgado por uma cadeia de guerras, guerras civis e violentas tensões intra- e inter-estatais. O sexto número da Revista Malala, Boletim do Grupo de Trabalho Oriente Médio e Mundo Muçulmano do Laboratório de Estudos da Ásia (LEA FFLCH-USP) é dedicado ao tema da Violência no Oriente Médio e Mundo Muçulmano contemporâneo: causas, expressões, consequências. Nosso enfoque está nas diversas modalidades violências política, religiosa e étnica e revoluções.

A Revista convida autores, pesquisadores, professores e estudantes a refletirem e escreverem sobre esse tema. Quais as razões para a violência endêmica no Oriente Médio e Mundo Muçulmano (OMMM)? Ela é aparente ou real? Quais suas dimensões e especificidades históricas, sociológicas ou mesmo psicológicas?

A Revista recebe contribuições em forma de artigo, ensaio, resenhas e texto opinativo, além de outras formas constantes das normas de publicações (que deverão ser observadas pelos autores).
Para a seção de debates propõe-se quatro eixos temáticos (micro-violências “escondidas” e estruturais de tipo social contra mulheres, dentro das famílias, escolas e outros não estão na pauta desse número).

1. A guerra na Síria, o Estado Islâmico e o reordenamento dos atores locais, regionais e internacionais;
2. Sectarismo no mundo muçulmano e entre as diásporas muçulmanas;
3. Refugiados do Oriente Médio migrando para o ocidente e a crise política europeia (inclusive reações direitistas e islamofóbicas)
4. Radicalismo religioso contra uma cultura da paz: entre jihadismo e desradicalização?

As propostas de publicação (em português, inglês ou espanhol) devem ser enviadas em formato Word para o e-mail: malala@usp.br ou submetidas online pelo site da Revista.

Seja o primeiro a comentar

Top