Evento – Lançamento do livro “Rio-Branco, Grande Estratégia e o Poder Naval”, de João Paulo Soares Alsina

A Editora da Fundação Getúlio Vargas anuncia o lançamento do livro Rio-Branco, Grande Estratégia e o Poder Naval, de João Paulo Soares Alsina Jr, doutor Relações Internacionais pela UnB e diplomata de carreira.
O trabalho reinterpreta o legado do Barão do Rio-Branco à luz da participação do patrono da diplomacia no programa de reaparelhamento naval da Marinha do Brasil na primeira década do século XX – o maior esforço de incorporação de armamento naval da história brasileira.
Ao contrário da historiografia oficialista, que busca retratar o Barão como um “pacifista” cuja práxis baseava-se fundamentalmente em argumentos históricos e geográficos, “Rio-Branco, Grande Estratégia e o Poder Naval” demonstra o caráter bismarckiano da política externa levada a cabo por José Maria da Silva Paranhos Jr. – que sempre teve presente a fria análise da correlação de forças  em disputa e uma bem calibrada ameaça de emprego do poder militar em prol da sustentação dos interesses nacionais brasileiros.
Dessa forma, “Rio-Branco, Grande Estratégia e o Poder Naval” não somente contribui para uma nova interpretação do significado da grande estratégia implementada pelo Barão, mas também enfoca a importância histórica do papel desempenhado pelas Forças Armadas, em geral, e pela Marinha, em particular, na vida nacional.
A título de conclusão, o livro procura contrastar a grande estratégia brasileira na época de Paranhos Jr. e na atualidade. Ao fazê-lo, chama atenção para a imensa brecha existente entre as ambições internacionais do Brasil contemporâneo e a realidade de uma nação dotada de limitadíssimo poder militar e de Forças Armadas crescentemente acossadas pela deturpação de seu papel constitucional fomentada pelas elites civis.
O livro pode ser adquirido nas melhores livrarias ou diretamente no site da Editora.