China rising – strategies and tactics of China’s growing presence in the world – uma edição especial da RBPI, por Antônio Carlos Lessa

A Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI tem publicado ao longo dos últimos anos edições especiais versando sobre temas candentes da política internacional contemporânea, e de especial relevância para o Brasil. Esses números são publicados sempre em língua inglesa, são organizados a partir de chamadas de artigos internacionais, e têm como editores convidados especialistas nos temas abordados. A edição especial de 2014, intitulada “China rising – strategies and tactics of China’s growing presence in the world” (Vol. 57 – edição especial), disponível na Coleção Scielo Brasil, teve como editor convidado Henrique Altemani de Oliveira, professor aposentado da Universidade de Brasília (atualmente docente da Universidade Estadual da Paraíba) e diretor do Centro de Estudos sobre o Pacífico.

A edição procura lançar luzes sobre os aspectos centrais da ascensão internacional  da China ao longo dos últimos anos e sobre a sua consolidação como potência de envergadura verdadeiramente mundial. O conjunto de artigos publicados podem ser lidos como uma importante contribuição para a reflexão acerca das diferentes dimensões dessa realidade emergente, percebida em toda a sua complexidade.

Jose León-Manríquez e Luis F. Alvarez, no artigo Mao’s steps in Monroe’s backyard. Towards a United States-China hegemonic struggle in Latin America?, apontam que a crescente influência chinesa na América Latina, ao contrário do que poderia se esperar, não teria produzido um novo ciclo de estranhamento nas relações entre os dois países, em que pese o fato de a ascensão chinesa desafiar as prerrogativas da hegemonia histórica norte-americana na Ásia-Pacífico.

Em Swords into Ploughshares? China’s Soft Power Strategy in Southeast Asia and Its Challenges, trabalho de Tony Tai-Ting Liu, são analisadas as dinâmicas que explicam como a China atingiu os seus interesses no Sudeste da Ásia, através da utilização do soft power e de conceitos como “visão de mundo harmonioso” e “política de boa vizinhança”.

No artigo, China’s rising soft power: The role of rhetoric in constructing China-Africa relations, Lucy Jane Corki argumenta que a China cada vez mais tem se utilizado da retórica política  para o desenvolvimento de sua política externa e de suas relações bilaterais, principalmente, no que tange sua relação com os países africanos. Com efeito, a China surgiu, ao longo dos últimos anos, como o grande desafiante em diferentes regiões do mundo, o que foi particularmente intenso na África.

Wellington Amorim e Antonio Henrique Lucena da Silva, no artigo Japan and India: soft balancing as a reaction to China’s rise?, analisam de modo sistemático as reações da Índia e do Japão à ascensão da China nos âmbitos econômico, político e militar.

The international implications of the Chinese model of development in the Global South: Asian Consensus as a network power, de Javier Vadell, Leonardo Ramos e Pedro Neves, analisa a ascensão econômica e política da China no século XXI e como se desenvolveram as suas relações  com os países periféricos do “Sul Global”.

Em Brazil, China, US: a triangular relation?, José-Augusto Guilhon-Albuquerque, discute a “parceria estratégica” entre China e Brasil e especula sobre como a relações relações sino-norte-americanas podem afetar as relações bilaterais que o Brasil desenvolve com esses países.

Hongsong Liu, no trabalho China’s Proposing Behavior in Global Governance: the Cases of the WTO Doha Round Negotiation and G-20 Process, analisa as propostas da China sobre a reforma da governança global, e discute as principais características de comportamento chinês nos casos de negociação da Rodada Doha da OMC e dos Processos do G-20.

No artigo, South-South Relations and the English School of International Relations: Chinese and Brazilian Ideas and Involvement in Sub-Saharan Africa, Joseph Marques e Anthony Spanakos exploram as políticas externas brasileira e chinesa e as relações Sul-Sul desenvolvidas por esses dois países, principalmente no que tange ao seu comportamento em direção à Africa Subsaariana.

Em Between system maker and privileges taker: The role of China in the Greater Mekong Sub-region, Truong-Minh Vu analisa as condições de que a China dispõe para se qualificar como um verdadeiro líder internacional. Utilizando projetos de liderança da China na Sub-região do Grande Mekong (GMS, em inglês) como um estudo de caso, no trabalho se argumenta que a sua posição geográfica e ascensão econômica permitem que a China seja um “system maker and privilege taker”, exercendo um duplo papel na formação de relações político-econômicas no Mekong nos últimos dez anos.

No artigo, Chinese energy policy progress and challenges in the transition to low carbon development, 2006-2013, Larissa Basso e Eduardo Viola analisam as políticas energética e climática e as posições internacionais tomadas pela China sobre esses temas, considerando que o país é o maior emissor de gases de efeito estufa e o maior produtor e consumidor de energia do mundo.

Sven Van Kerckhoven e Adriaan Luyten em The tale of a Trojan horse or the quest for market access? China and the World Trade Organization, analisam a adesão chinesa à Organização Mundial do Comércio – OMC e o receio dos observadores de que essa adesão viria a se transformar em um verdadeiro cavalo de Tróia.

Raquel Vaz-Pinto, no artigo Peaceful Rise and the Limits of Chinese Exceptionalism, observa que o governo de Beijing tem promovido, ao longo dos seus trinta anos de abertura, uma ascensão pacífica e estratégica excepcional. Contudo, demonstra que o expecionalismo chinês apresenta limites, principalmente, de natureza interna.

Macau in China’s Relations with the Lusophone World, trabalho de autoria de Carmen Amado Mendes, demonstra como aquele território tem se mantido como uma ponte que liga o Ocidente ao Oriente, e a China aos países lusófonos, principalmente através da criação do Fórum de Cooperação Econômica Comercial.

No artigo Muddle or March: China and the 21st Century Concert of Powers, Weizhun Mao analisa os incentivos, possibilidades e incertezas para a participação da China no Concerto de Potências, com referência a memória da história do país em arranjos semelhantes, seus esforços intelectuais, bem como a evolução das suas preferências estrangeiras.

Henrique Altemani de Oliveira e Alexandre César Cunha Leite defendem, no artigo Chinese Engagement for Global Governance: Aiming for a Better Room at the Table?, a tese de que a China está ciente de que seu processo de modernização ainda é recente e demanda mais crescimento, maturidade e consolidação para assumir o papel e a responsabilidade de um líder regional ou até mesmo global.

A Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI é o mais tradicional veículo da área de Relações Internacionais no Brasil, sendo publicada sem interrupções desde 1958. Editada pelo Instituto Brasileiro de Relações Internacionais – IBRI, a RBPI publica artigos sobre Política Internacional, História das Relações Internacionais, Economia Internacional, Direito Internacional e questões conexas. No Scielo Brasil desde 2007, a Revista também circula em formato impresso.

Para ler os artigos, acesse:

  • OLIVEIRA, Henrique Altemani de  and  LESSA, Antônio Carlos. China rising – strategies and tactics of China’s growing presence in the world: a special issue of RBPI. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 5-8 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300005&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400201.
  • LEON-MANRIQUEZ, Jose  and  ALVAREZ, Luis F.. Mao’s steps in Monroe’s backyard: towards a United States-China hegemonic struggle in Latin America?. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 9-27 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300009&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400202.
  • LIU, Tony Tai-Ting  and  TSAI, Tung-Chieh. Swords into ploughshares? China’s Soft Power strategy in Southeast Asia and its challenges1. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 28-48 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300028&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400203.
  • CORKIN, Lucy Jane. China’s rising Soft Power: the role of rhetoric in constructing China-Africa relations. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 49-72 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300049&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400204.
  • AMORIM, Wellington  and  SILVA, Antonio Henrique Lucena da. Japan and India: soft balancing as a reaction to China’s rise?. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 73-90 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300073&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400205.
  • VADELL, Javier; RAMOS, Leonardo  and  NEVES, Pedro. The international implications of the Chinese model of development in the Global South: Asian Consensus as a network power. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 91-107 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300091&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400206.
  • GUILHON-ALBUQUERQUE, José-Augusto. Brazil, China, US: a triangular relation?.Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 108-120 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300108&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400207.
  • LIU, Hongsong. China’s proposing behavior in Global Governance: the cases of the WTO Doha Round negotiation and G-20 process. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 121-137 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300121&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400208.
  • MARQUES, Joseph  and  SPANAKOS, Anthony. South-South relations and the English School of International Relations: Chinese and Brazilian ideas and involvement in Sub-Saharan Africa. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 138-156 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300138&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400209
  • VU, Truong-Minh. Between system maker and privileges taker: the role of China in the Greater Mekong Sub-region. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 157-173 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300157&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400210
  • BASSO, Larissa  and  VIOLA, Eduardo. Chinese energy policy progress and challenges in the transition to low carbon development, 2006-2013. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 174-192 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300174&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400211.
  • KERCKHOVEN, Sven Van  and  LUYTEN, Adriaan. The tale of a Trojan horse or the quest for market access? China and the World Trade Organization. Rev. bras. polít. int.[online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 193-209 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300193&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400212.
  • VAZ-PINTO, Raquel. Peaceful rise and the limits of Chinese exceptionalism. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 210-224 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300210&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400213.
  • MENDES, Carmen Amado. Macau in China’s relations with the lusophone world. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 225-242 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300225&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400214.
  • MAO, Weizhun. Muddle or march: China and the 21st century Concert of Powers. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 243-264 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300243&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400215.
  • OLIVEIRA, Henrique Altemani de  and  LEITE, Alexandre César Cunha. Chinese engagement for Global Governance: aiming for a better room at the table?. Rev. bras. polít. int. [online]. 2014, vol.57, n.spe [cited  2014-10-20], pp. 265-285 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292014000300265&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0034-7329.  http://dx.doi.org/10.1590/0034-7329201400216.

Antônio Carlos Lessa é professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília e editor da Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI (@antoniolessa).

1 Comentário em China rising – strategies and tactics of China’s growing presence in the world – uma edição especial da RBPI, por Antônio Carlos Lessa

Comentários não permitidos